Memórias de viagem

Brasil, Pará, 2013. Abril e maio. Setembro e outubro. Inverno e verão na Amazônia. Viagens a Belém, Icoaraci, Salvaterra, Joanes, Cachoeira do Arari, Santarem, Monte Alegre e Óbidos. Trilhas pela mata, caminhadas urbanas, viagens pelas águas. Sítios arqueológicos. Profusão de artefatos. Objetos antigos, culturas passadas. Vitrines de museu, reservas técnicas, acervos pessoais. Relatos, vivências, memórias. Para produzir um documentário, a equipe viajou por duas vezes ao Pará, voltando aos mesmos lugares. Duas situações de tempo, a transformação da paisagem. Fotografias registraram instantes, fragmentos da gradativa elaboração de uma narrativa audiovisual e imagética, a partir de tantas narrativas locais, reais e imaginárias. O olhar estrangeiro daqueles que descobriram uma pequena parte do universo amazônico, procura compreender a realidade do tempo presente, que abriga tantas evidências de culturas passadas. O tempo é um fluir de imagens na memória.

Texto: Silvio Luiz Cordeiro. Imagens: Carla Gibertoni Carneiro, Cristina Demartini, Silvio Luiz Cordeiro, Wagner Souza e Silva.